quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Resenha: Anna e o Beijo Francês

    Olá, boa noite! O post de hoje será uma resenha, como está lá em cima (óbvio, dã) do livro Anna e o Beijo Francês e já devo avisando que amei, amei completamente, i'm fall in love with this book! Tentando praticar meu inglês.. hahaha
    Enfim, amei esse livro, essa escritora é sensacional e, para mim, esse livro ganhou 5 estrelas! É a primeira obra que leio da Stephanie Perkins (ela também lançou Lola e o Garoto da Casa ao Lado e Isla e o Felizes para Sempre com data de lançamento prevista para 2014 aqui no Brasil) e já estou apaixonada pela escrita dela. Aqui no Brasil o lançamento foi feito pela Novo Conceito. 
    Sou um pouco suspeita a falar que é um livro perfeito, já que a personagem principal é uma cópia quase perfeita de mim, mas, além disto, todo o romance se passa em Paris, a cidade mais romântica, a Cidade Luz, a cidade mais que aprecia cinema no mundo! 

    "St. Clair gesticula com exagero, claramente adorando a situação. - Paris... é a capital... que mais aprecia... cinema... no mundo. 
    Paro petrificada. - Você está brincando?
    - Não estou. Você nunca encontrará uma cidade que mais ama cinema. Há centenas, talvez até milhares de cinemas aqui." página 70



    O pai de Anna Oliphant, que é um famoso escritor estadunidense que escreve coisas como "pessoas com bons valores americanos que se apaixonam e então contraem doenças que lhe ameaçam a vida e morrem" (é o que diz na página 8), decide mandá-la para um internato em Paris! Pois é, acho que todas, senão a maioria, das garotas de nossa sociedade amaria ou "mataria", como ela mesma diz no segundo capítulo, para ir morar em Paris. É exatamente este o problema.  Não é que ela não queira ir à Paris, ela só não queria ser obrigada a ir, como foi o ocorrido, exatamente o que lemos no período da página 33.


    "O que meus pais nunca levaram em consideração é que eu queria, pelo menos, ter tido escolha."

    Um dos motivos pelos quais Anna não quer sair de Atlanta é que sua melhor amiga, seu quase namorado e seu querido irmão menor não vão para Paris com ela. E para completar o sofrimento, ela não sabe absolutamente nada de francês além do famoso bonjour. 
    Já na Cidade Luz, ela conhece Étienne St. Clair (Que nome incrível, é francês! Já disse que eu amo Paris em tudo?!) e conhece toda a cidade ao seu lado, e com isso já sabemos que ela se apaixona... Mas ele tem namorada e ela tem um quase namoro prestes a acontecer em Atlanta e Anna tem esperança de que, quando volte, tudo começará de onde terminou. 
    E aos poucos, ela começa a gostar muito de Paris, como se precisasse ir até lá para amar... Okay? Okay! (Gus e Hazel, seus lindos! Aff, me distraio muito rápido, enfim...)


    " - Eu amo Paris - digo.
    - E tenho certeza de que Paris a ama também." página 71

    Anna é apaixonada por filmes, ela tem um blog e se tornou crítica cinematográfica...



    "Além do mais, tenho coisas mais importantes em mente: filmes." página 74. 
    Definitivamente ela é minha cópia! Eu sou a Anna, não é possível! Quem me conhece, sabe... hahaha
    Legal ressaltar também que nenhum dos personagens são descritos com perfeição, porém nós, leitores, aprendemos a amá-los e os próprios personagens, aprendem a se amar também, o que os faz ver o próximo como perfeito, e é isto que o amor faz com as pessoas. Vemos qualidades onde não têm, muitas vezes. Anna tem um espaço entre os dentes da frente do tamanho de uma ervilha (mais uma coisa em comum comigo, eu era assim, coloquei aparelho a alguns meses e minha arcada dentária está diferente porém meu primeiro pensamento quando li foi: Denunciarei Perkins por ter usado minha imagem!) e Étienne (Já disse que é nome francês? Já disse que amei?) diz a ela que seu sorriso é lindo e ele é quase 10 centímetros mais baixo que Anna. 
    Como será o término dessa maravilhosa obra? Ela desistirá de Toph? Ele terminará com Ellie, sua namorada?  Eles ficaram juntos? O que acontecerá entre ela e sua melhor amiga? Leia e descubra! 

13 comentários:

  1. Eu também adoro a escrita de Stephanie Perkins, e Anna e o Beijo Francês me conquistou no momento em que eu li a sinopse.
    Da autora, eu também amo Lola e o Garoto da Casa ao Lado, e confesso que gosto mais da Lola do que da Anna.
    Adorei sua resenha.
    Beijos!
    Monomaníacas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria diz que gosta mais de Lola... Para mim, Anna é bem melhor hahha
      Obrigada! :)

      Excluir
  2. Esse também foi o primeiro livro dela que eu li! Amei tudo nele!

    Helô Lopes
    Responsável geral do Grupo Librorum.

    ResponderExcluir
  3. Eu ameei Anna, bem mais que Lola. A Anna de Atlanta é muito parecida com a Ana de Caxias do Sul(RS) hahaha. Adorei seu blog!!
    Beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahah
      Anna é bem melhor do que Lola mesmo!
      Obrigada, Aninha! <3
      Beijinhos!

      Excluir
  4. Ha ha! eu quero ler esse livro...acho que já até adicionei nos meus desejados lá no skoob ^^

    ResponderExcluir
  5. Hey Hellen ^^
    Bela resenha! Eu já o Anna e o Beijo Frances e amei *---*

    http://muchdreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Shaaa!
      Obrigada. Também amei! :)
      Beijinhos! <3

      Excluir
  6. Eu comprei esse livro como quem não quer nada (até reclamando da capa, não gostei muito :c) e acabei apaixonada por ele ♥ sério, que livro gostoso de ler. Acordei no meio da madrugada, com insônia e acabei pegando ele e começando a ler. Dormi e quando acordei voltei de novo e fiquei até terminar. No mesmo dia. Só fiz isso com 3 livros então é algo AHAUAHAUAH

    França é um dos ambientes que eu mais amo em livros *-* pena que conheço poucos. Você tem alguns pra me indicar?

    E St. Clair? ~suspiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carlaaa!
      Eu não esperava muito também, apesar de se passar em Paris. Mas não tem como não se apaixonar né?!
      Não tem como largar este bebê, portanto te entendo hahaha
      França é França né, outro amor da minha vida hahaha
      Aconteceu em Paris, A parisiense, tem vários livros que se passam em Paris. Você me deu uma ótima ideia de vídeo! Obrigada, viu?! hahaha
      St. Clair é sem comentários hahaha
      Beijinhos! <3

      Excluir
  7. Um amor esse livro né? Ninguém é perfeito mas não tem como não amá-los. Fiquei apaixonada por Paris, pelo Étienne e pela escrita da autora
    Beijoos,
    setimaondaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir