sábado, 28 de setembro de 2013

Resenha: Lola e o Garoto da Casa ao Lado

     Novidades a caminho! Ainda não posso contar, porque ainda não estão prontos mas, em breve, farei um post apenas sobre isso. E no último dia do mês, farei post sobre comprinhas... Última coisa antes de começarmos: sábado que vem, dia 5, estarei no Clube do Livro, em Campo Grande, às 4 horas da tarde, será na livraria Edital e é aberto para o público então quem quiser ir, será muito bem-vindo. E será a primeira vez que vou então se alguém for, ignore o fato de que sou bastante tímida... 
     Esse livro da Stephanie Perkins é tudo! Muitas pessoas disseram que este foi melhor do que Anna e o Beijo Francês, eu não achei mas que é perfeito, concordo absolutamente!



Nome: Lola e o Garoto da Casa ao Lado
Editora: Novo Conceito
Escritora: Stephanie Perkins
Páginas: 288

    Lola e o Garoto da Casa ao Lado retrata a vida de Dolores, apelidada de Lola, uma menina de 16 anos que é apaixonada por figurinos. Ela tem um certo trauma relacionado a uma família Bell, por já ter se apaixonado por Cricket Bell que, na verdade, sempre foi apaixonado por ela mas ficou confuso sobre o que dizer a ela quando sua família ia se mudar por conta do trabalho de sua irmã gêmea, Calliope. 


    Mas eles se mudam novamente para a casa ao lado da casa de Lola. E ele se declara, porém há uma barreira... Ela tem namorado, Max, que seus pais, Andy e Nolan, odeiam. Lola tem pais gays e eles moram em um bairro gay. Nolan é seu tio biológico, que resolveu adotá-la quando a irmã dele, sua mãe biológica, ficou grávida mas não tinha condições de cuidar de uma criança.



    E então? Será que continuará com Max, seu namorado e integrante principal de uma banda? Ou se renderá aos caprichos do garoto que magoou seu coração?

4 comentários:

  1. Também gostei mais de Anna!
    A Lola era um pouco chata em algumas partes.


    Helô Lopes
    Responsável geral do Grupo Librorum.

    ResponderExcluir
  2. Prefiro a Anna também haha
    Mas achei a Lola bem interessante, sempre com as suas roupas diferentes, sempre querendo se expressar... Só achei o motivo pra ela ter tanto 'medo' deles meio "babaca", fui só eu?

    devaneiosestrelares.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu gostei do livro, mas Anna é bem melhor!
      Ela é legal, mas não vi nada de tão surpreendente.
      Pois é, também não gostei disso :/
      Beijinhos!

      Excluir