quinta-feira, 20 de março de 2014

Resenha: Uma Carta de Amor

    Olá, pessoal! Escolhi mais um livro do Nicholas Sparks para a resenha. Vamos lá?




    Título: Uma Carta de Amor
Subtítulo: (não tem)
Editora: Arqueiro
Escritor: Nicholas Sparks
Páginas: 277

    Sinopse:
Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. 
Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.”
Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também.
Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.

   Theresa Osborne é colunista da Boston Times e descobre, um dia, que seu marido, David tem uma relação fora do casamento. Ela pede o divórcio e eles se separam. Theresa tem um filho, mas, durante três anos, vive como uma pessoa solitária; se sentindo solitária. 
    Até que, um dia, Deanna, sua amiga e chefe, a convence a passar um tempo de férias em Cape Cod, enquanto seu filho viaja com o pai. Após sua corrida matinal na praia, Theresa vê uma garrafa na areia e, quando se aproxima, percebe que dentro há um papel enrolado. Theresa abre a garrafa e lê o que está no papel; era uma carta. Uma carta de amor. Uma carta para Catherine, autor assinado como Garret. Ela se encanta com a profundidade dos sentimentos descritos pelo autor, além de se identificar. 
    Theresa descobre mais duas cartas, que aguçam ainda mais sua curiosidade. Deanna a ajuda a descobrir uma série de informações sobre ele e ela vai até lá para procurá-lo.
    Quando eles se conhecem, ela vê mais sobre sua história com Catherine e percebe que ele é o tipo de homem que ela quer, mesmo achando que não queria ninguém. 
    Ele a acha atraente e diferente, apesar de não saber como. Eles se unem para ajudar a si mesmos e escrevem sua a própria história de amor. 
    Pontos positivos: Como todo livro do Nicholas, este não deixou de me agradar. Tem uma narrativa leve e simples; uma leitura que flui. Os últimos capítulos me surpreenderam muito. O livro mexeu muito comigo: chorei, me enraiveci, me alegrei... Atitudes típicas que tenho através um livro envolvente. 
    Pontos negativos: Garret é um ser indeciso demais! Entendo que ele não esqueceu Catherine, afinal era sua esposa, e ainda não aprendeu a lidar com a perda, mas todos temos que compreender que não adianta ficarmos presos ao passado. Até porque ele não volta e isto só nos faz desaproveitar de oportunidades de viver uma vida melhor. Garret, definitivamente, não quer entender isto; ele me irritou.

Canal no YouTube / Instagram / Fan Page / Skoob
Beijinhos ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário