terça-feira, 6 de maio de 2014

Resenha: Corações Feridos

    Olá! Hoje conversaremos sobre o livro da Louise Reid, Corações Feridos, e espero que vocês consigam entender meus sentimentos por ele.


Título: Corações Feridos
Subtítulo: Duas irmãs gêmeas. Uma linda, a outra desfigurada. Divididas por um terrível segredo...
Escritora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Páginas: 252


Sinopse:
Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?

     O livro nos conta a história de Hephzibah e Rebecca, que são irmãs gêmeas, sendo Rebecca vítima de Síndrome de Treacher Collins, caracterizada por deformidades crânio-faciais. Rebecca é uma menina solitária, carinhosa, ama ler, que vive à sombra de sua irmã, sendo que Hephzibah não quer ser alvo de piada. Então o tempo que elas passam na escola, isto é, no ensino médio, quando elas finalmente começam a estudar como adolescentes comuns, são separadas.
    Elas têm pais H-O-R-R-O-R-O-S-O-S, juro. Roderick, pai das gêmeas, é o palestrador da casa paroquial, mas mantém uma imagem completamente diferente do que ele realmente é. Na igreja, é admirado por todos e visto como referência. Em casa, é o pior pai do mundo; maltrata suas filhas, assedia Hephzibah - a gêmea bonita - e faz tudo o que só uma pessoa sem alma é capaz de fazer. Sim, eu odeio esse cara com todas as minhas forças e ele é, sem dúvidas, o personagem mais ridículo de todos os livros que eu li.
     Foi muito difícil ler o dia a dia das meninas com tudo que acontece naquela casa. O livro foi escrito de forma maravilhosa, sendo cada capítulo contado por uma das gêmeas em tempos diferentes, tendo como referência a morte de Hephzibah. Louisa realizou um trabalho maravilhoso em toda a idealização; tentando trazer mais suavidade para o leitor, mas a tristeza continua sendo o ponto forte.

    O tal do segredo é previsível, então é de se desconfiar o final...
    Eu gostei muito do livro, de verdade, acho até que estou gostando demais dos livros que li recentemente (hahaha). Se você não gostar de livros comoventes ao ponto de serem tristes, porém, não acho que seja uma boa escolha.
    Pontos positivos: Leitura flui com facilidade e te fazer pensar em tudo que se deve valorizar, como os pais, por exemplo. Sei que muitos são tão ruins quanto os delas, no entanto acredito que meus leitores tenham pais bons como os meus. E isso foi algo que me fez pensar bem mais do que em qualquer outro livro assim que terminei. E a liberdade, que muitos têm, poucos sabem aproveitar e era tudo que elas queriam - cada uma a sua maneira.
    Pontos negativos: É muito triste - não é algo negativo para mim, pois gostei muito do livro - e sei que nem todo mundo gosta de livros tão enternecedores, então pode ser algo negativo.

Melhor quote (é bem no começo do livro, que começa com Reb falando sobre a morte da irmã, no exato dia do enterro):
"Gravei o dia de hoje em minha memória como mais um dia negro, e está lá, uma dura história inscrita em meu coração. As histórias que tenho escondidas dentro de mim; se você pudesse abrir-me, leria a verdade. Olhe para dentro, retire a pele, a carne e os ossos e encontrará uma biblioteca de sofrimentos. Talvez você me peça para explicar. Eu sou, antes de tudo, a curadora do passado. Mas algumas pessoas são terríveis demais para serem contadas, e essas palavras estão enterradas profundamente." página 11

 Espero que tenham adorado! Beijinhos ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário