sábado, 3 de maio de 2014

Resenha: O Guia do Mochileiro das Galáxias

    Olá, queridos e queridas hahaha! Hoje é o dia de uma resenha que, prevejo eu, será incrível! Os motivos? (Haters, me julguem) Amei esse livro!


 
Título: O Guia do Mochileiro das Galáxias
Subtítulo: Não entre em pânico
Escritor: Douglas Adams
Editora: Arqueiro
Páginas: 156

    Douglas Adams entrou na minha lista de melhores escritores sem eu, ao menos, ter pensado duas vezes. Ele conseguiu misturar astronomia, biologia, física, matemática e sátiras políticas, culturistas e burocráticas de forma inigualável. Ainda não consigo acreditar que não li antes e não tenho mais a oportunidade de conhecê-lo... É triste! A escrita dele é sensacional, o livro é maravilhoso e vamos aos detalhes!
    Toda a fantasia criada tem como objetivo, em meu ponto de vista, mostrar o que está debaixo de nossos olhos e nós não vemos. Foi criada um total universo com seres fantásticos que, se pensarmos bem, podem ser interpretados em atitudes humanas. Tanto que em um determinado ponto do livro, a Terra é invadida e, com isso, vaporizada, ou seja, não existe mais. E foi exatamente isso que fizeram com a casa do protagonista, Arthur Dent. A troco de que? Construir um desvio.
    Sabemos que a todo momento, muitas e muitas pessoas são expulsas de suas casas para que o governo possa construir um viaduto, uma estrada e em nosso atual momento, estádios para a Copa do Mundo. É óbvio e lógico que foi construída uma crítica política muito bem elaborada no mundo criado por Adams.
    Sei que os acontecimentos extraordinários do livro, como uma toalha ser importante para um mochileiro das galáxias, por exemplo, foram e são mal vistos por vários leitores. Acredito, porém, que tudo depende da forma como é visto. Como já contei em resenhas anteriores, por mais ínfimo que tal acontecimento seja, sempre há uma mensagem por trás. E, no caso desse livro, não vi nenhum fato ocorrido que eu considere idiota ou insignificante e tudo muito bem explicado, até mesmo as maiores fantasias.
    Ford e Arthur passam a sobreviver na Galáxia, sempre descobrindo coisas novas e surpreendentes. Eu estava precisando de um pouco de fantasia, já que os últimos livros lidos foram mais realistas. Amei o livro, de verdade! E tenho de confessar que minhas perspectivas mudaram consideravelmente. Nunca precisei tanto ler a continuação de algo como agora.
    Meus capítulos preferidos são 8 e 11.

    Pontos positivos: livro maravilhoso! Bem escrito, bem elaborado e diagramado. Douglas mostrou para o mundo que ele é um gênio.
    Pontos negativos: apaixonei-me demais e não posso conhecê-lo... Não há nada explicitamente negativo no Guia.

Uns dos melhores quotes:
"O tempo é uma ilusão. A hora do almoço é uma ilusão maior ainda." página 25
"Porém, a justiça seja feita: quando se trata de falar sobre a imensidade das distâncias entre as estrelas, inteligências superiores à do autor da introdução do Guia do Mochileiro das Galáxias também fracassaram. Há quem peça ao leitor que imagine um amendoim em Londres e uma noz das pequenas em Joanesburgo, entre outras comparações estonteantes." página 63
"A simples verdade é que as distâncias interestrelares está muito além da imaginação humana." página 63

Canal no YouTube / Instagram / Fan Page / Skoob / Em breve, Twitter
Beijinhos ♥

8 comentários:

  1. não me atrai, esse gênero me deixa receosa e não sei se me envolveria com o livro!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que deveria pelo menos tentar, viu?! Eu adorei!
      Beijinhos :)

      Excluir
  2. É o melhor da série. No meu ponto de vista. Me rendeu muitas risadas. Bj

    www.readerscompany.blogspot.com. br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Quero muito ler os outros! :)
      Beijinhos <3

      Excluir
  3. Olá, Hellen!
    Nossa, eu simplesmente amo O Guia dos Mochileiros das Galáxias!
    Toda a série é muito boa!
    Adoro a história, mas o que me faz mais rir é as explicações sobre algumas coisas que vem no guia, por exemplo: Como voar? Fácil, é só se jogar no chão e ERRAR.
    Ri muito do livro e as críticas políticas são muito bem colocadas!

    ;)
    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até agora, só li esse e amei mesmo! hahaha
      O livro é tão incrível quanto Douglas Adams. <3
      Beijinhos!

      Excluir
  4. Estou com todos em casa mas ainda não li nenhum.Vou começar. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim! Eu achei incrível hahaha
      Obrigada, beijinhos <3

      Excluir