sexta-feira, 20 de junho de 2014

Resenha: Belleville

    Olá, leitores da minha vida! hahahaha
    Neste post, mostrarei a vocês a magia de Belleville.



Titulo: Belleville
Subtítulo: Há sempre uma palavra que nos une
Escritor: Felipe Colbert
Editora: Novas Páginas
Páginas: 301
Sinopse:
 Se pudesse, Lucius aterrissaria em 1964 para ajudar Anabelle a realizar o grande sonho do seu falecido pai! De quebra, ajudaria a moça a enfrentar alguns problemas muito difíceis, entre eles resistir à violência do seu tio Lino. Claro que conhecer de perto os lindos olhos verdes que ele viu no retrato não seria nenhum sacrifício... Sem conseguir explicar o que está acontecendo, Lucius inicia uma intensa troca de correspondência com a antiga moradora da casa para onde se mudou. Uma relação que começa com desconfiança, passa pelo carinho e evolui para uma irresistível paixão – e para um pedido de socorro...

    Belleville é incrível em vários sentidos: a profundidade de reflexões embutidas na obra, o romantismo mesclado com realismo colocado de uma forma inimaginável, a relação entre passado, presente e futuro, a prova da fidelidade do amor e até aonde a determinação pode te levar.
    Sinceramente, eu não tinha extrema vontade de ler nem esperava muita coisa. A incredulidade que senti lendo, porém, me fez pensar o quão equivocada eu estava.  
     A personalidade do Lucius e da Anabelle me deixou completamente apaixonada por tudo! Eles são uns dos personagens mais incríveis que li, já que a determinação do Lucius faz com que você pare e reflita no que você realmente quer e a doçura de Anabelle alegra o dia de qualquer leitor. 
    A diagramação não tem nada de tão diferente, mas é fofa e combina com a essência do livro. E a narrativa se intercala entre o presente com Lucius e o passado com Anabelle.
    Além da inteligência e coerência dos fatos - a grandiosa explicação do nome da montanha-russa, a pegada matemática, física e histórica é de surpreender -, é inacreditável do começo ao fim. O final é completamente inesperado e encantador. Espero que algum dia o Felipe Colbert - o escritor do livro - consiga nos impressionar com sua maravilhosa narrativa e ideias como conseguiu nesta obra.
   Todos deveriam viajar um pouco com a magia de Belleville!

Um dos melhores quotes:
"De todos os lugares do mundo, havia apenas um que eu queria visitar agora. Chances de a minha ida até lá ser em vão? Com certeza muitas. Mas é como dizem: não faça da sua vida um rascunho, ou poderá não ter tempo de passá-la a limpo." página 152

2 comentários:

  1. Eu tenho o marcador desse livro (ganhei num evento literário) e já vi a sinopse, tô doida pra ler uahsuahs Amei a resenha ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho. É fofíssimo, né?!
      Obrigada, flor! Leia sim, é ótimo.
      Beijinhos <3

      Excluir